Lendo agora
Tipos de costura externa: aprenda a fazer acabamentos

Tipos de costura externa: aprenda a fazer acabamentos

tipos-de-costura-externa-aprenda-a-fazer-acabamentos

Um dos pontos mais importantes na hora de finalizar a criação de uma peça é o acabamento. Afinal, escolher como fazer isso influencia na elegância, no caimento e no estilo do que você cria.

Finalizações com tipos de costura externa são úteis e essenciais, principalmente para quem não tem uma máquina overloque. Além disso, elas podem garantir ainda mais beleza à peça desenhada.

clique-e-acesse-o-pinterest-para-conferir-tipos-de-costura-externa

Para definir como fazer um acabamento perfeito em costura, é importante observar as malhas e tecidos utilizados na produção. Materiais que desfiam com facilidade, por exemplo, pedem a utilização do ponto tipo zigue-zague. Em tecidos mais pesados, o melhor é utilizar a costura inglesa.

Quer entender melhor os tipos de costura em tecido que podem ser utilizados para finalizar as peças? Confira os quatro principais pontos de acabamento!

1. Pesponto

pesponto-um-dos-tipos-de-costura-externa
Pesponto simples utilizado para unir o couro ao tecido.

Esse é um dos pontos mais utilizados para acabamento. Além de ser firme e simples, o pesponto também pode ser usado para dar detalhes incríveis na peça. É comum utilizá-lo em roupas infantis, em cós, em colarinhos e em golas. Na maioria das vezes, é feito com uma linha própria, a qual tende a ser mais grossa.

Para entender como fazer pesponto basta ter em mente que o movimento, na máquina de costura reta, é só de ida. Todas as vezes em que precisar parar o procedimento, é fundamental que a agulha esteja dentro do tecido para que o acabamento fique uniforme.

Para fazer o pesponto duplo basta realizar o procedimento duas vezes, um bem rente ao outro.

2. Costura inglesa

Também conhecida como costura rebatida, é um dos pontos mais utilizados em calças jeans e camisas masculinas. Para fazer esse acabamento, é necessário virar uma das partes do tecido ao avesso e deixar a ponta virada para o lado de fora.

Para unir os dois, passe a costura reta. A ponta do avesso ficará sobrando, mesmo com os tecidos juntos. Dobre-a duas vezes para o lado de fora, de forma que a costura reta fique aparente, e passe a máquina para unir a dobra com o tecido.

Para ilustrar melhor o processo, escolhemos um vídeo da professora de costura Diana Demarchi, no qual ela demonstra como o acabamento é realizado de maneira simples e rápida!

3. Zigue-zague

zig-zag-outro-exemplo-de-costura-externa

Esse é um ponto perfeito para bordas ou tecidos que desfiam com facilidade. Para fazer o acabamento, é necessária uma máquina de costura zigue-zague. No manual de instruções, você encontra como ajustar precisamente para que o acabamento seja feito. Geralmente, a agulha é colocada na função zigue-zague e a largura do ponto fica em 2,5 mm.

No entanto, como cada máquina de costura tem suas especificações, é importante buscar quais as medidas do seu modelo antes de programar o ponto zigue-zague. Assim, você não corre o risco de estragar a peça.

Para fazer o acabamento e evitar que desfie, dobre a ponta do tecido para dentro, cerca de 5 milímetros, e passe a máquina de costura. Caso, na hora de fazer o acabamento, você perceba que a agulha não baterá nas duas laterais do vinco feito, ajuste-o para que isso aconteça.

O processo de fazer este ponto também é chamado de chulear, chuleio ou chuelado. É, basicamente, uma forma de garantir que a peça não irá soltar as pontas, como o overloque faz.

Veja também
Mulher sentada em uma rocha com biquíni com aviamentos para moda praia.

4. Costura francesa 

Esse é, sem dúvidas um dos acabamentos mais utilizados em roupas e peças de vestuário! A costura francesa permite uma finalização elegante, limpa e com qualidade.

Assim como a costura inglesa, na francesa você utilizará um dos tecidos do avesso. No entanto, para esse acabamento, eles estarão alinhados um ao outro. O primeiro passo é passar a costura reta, com a distância de um centímetro da borda.

clique-e-baixe-o-guia-de-gestao-para-pequenas-confeccoes

Depois de unidos, é preciso virar a peça ao contrário e passar novamente a costura reta, exatamente em cima da primeira. Quando finalizada, a costura ficará embutida.

A escolha do acabamento da suas criações e modelos é tão importante quanto o design. Caso você esteja costurando vestuários, dê preferência para a costura inglesa e para a francesa. 

Agora, se quer garantir que os tecidos ficarão unidos, sem desfiar, o melhor é optar pelo pesponto ou pelo zigue-zague. Assim, seu trabalho fica cada vez mais profissional! 

Para te auxiliar nessa criação, a Digitale Têxtil oferece tecidos feitos com tecnologia e estampas exclusivas. Dessa forma, com o acabamento bem feito e tecidos de qualidade, as peças são ainda mais valorizadas. Clique no banner e confira!

clique-e-acesse-o-ecommerce-da-digitale-textil

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo