Lendo agora
Tecnologia na moda: descubra as novidades

Tecnologia na moda: descubra as novidades

tecnologia na moda

Assim como a tecnologia, a moda está em constante evolução. Com o objetivo de trazer praticidade e soluções para o dia a dia, essas duas áreas – que podem parecer distantes – caminham juntas e estão cada vez mais entrelaçadas. Isso porque as tecnologias na moda buscam aprimorar as vestimentas para que elas possam proporcionar máxima performance à quem as utiliza.

Por isso, quem trabalha com confecção de roupas, independentemente de qual etapa do processo, deve acompanhar as inovações e as novidades em técnicas, em produtos e em consumo.

Contudo, não para por aí. Depois de uma crise mundial, uma moda pós-pandemia também está ganhando força e renovando diversos âmbitos do setor.

Neste post, reunimos algumas tecnologias – das acessíveis às sofisticadas – utilizadas na moda praia, fitness e casual, que tendem a ser fortemente exploradas no chamado “novo normal. Confira!

Futuro digital

Será que existe um limite entre as mídias digitais e o mundo real? Cada vez mais, essa diferenciação vai se perdendo, ou melhor, virtual e real tornam-se uma coisa só e um influencia o outro.

Na moda não seria diferente, seja na hora de criar tecidos tecnológicos ou até mesmo de definir as cores que serão tendências em determinada estação.

Um relatório da World Global Style Network (WGSN), Estética chave: O Futuro Digital, aponta, por exemplo, que os metálicos de alto brilho, materiais iridescentes e cores vibrantes saturadas estarão cada vez mais em alta, pois são tendências que lembram o universo digital.

cta-moda-pos-pandemia

A tecnologia na moda

Além das mudanças no consumo de moda, o modo como as vestimentas estão sendo produzidas também está se transformando.

Encontros e pesquisas entre profissionais do setor têxtil e de vestuário estão permeados de estudos que buscam formas de inteligência que podem ser aplicadas no produto final.

O Festival Wear Brasil, por exemplo, é um dos eventos nacionais que oferece palestras e oficinas sobre tecnologia na moda.

Reunindo designers, estilistas, hackers, desenvolvedores, profissionais de criação e estudantes de moda, o evento promove o fortalecimento do mercado brasileiro, sendo a ponte entre as duas indústrias.

tecnologia na moda
A moda digital tem ganhado força anualmente! Foto: Wear Brasil/Reprodução

Inovações tecnológicas

Integrando beleza e funcionalidade, às inovações tecnológicas do mundo da moda dão grande valor a como as vestimentas são feitas e quais problemas elas resolvem.

Sendo assim, essa evolução da tecnologia aplicada à moda, portanto, gera produtos e materiais que potencializam e trazem grandes benefícios para quem as usa.

Felizmente, algumas novidades tecnológicas são mais acessíveis e funcionais, e agregam muito valor às peças que serão comercializadas. Confira algumas delas:

Roupas virtuais

De forma a apoiar a sustentabilidade, uma tendência que tem ganhado força é a das roupas virtuais, peças que podem ser manipuladas apenas digitalmente em softwares 3D.

Pode parecer estranho inicialmente, mas o propósito é interessante: ao testar a roupa virtualmente em uma fotografia, o consumidor consegue visualizar como ela ficaria no corpo e a marca produziria a vestimenta apenas se ele confirmasse o interesse nela — ou seja, o impacto ambiental do processo de produção têxtil seria menor.

Peça de roupa 3D produzida pela empresa alemã The Fabricant.
Peça de roupa 3D produzida pela empresa alemã The Fabricant. Foto: Reprodução/Instagram.

Duas empresas que fazem experimentos com roupas virtuais são a Carlings, marca escandinava cujas peças não possuem tamanho e nem gênero definido, além de serem limitadas; e a The Fabricant, empresa alemã especializada na criação e na renderização de roupas 3D.

Mulher em terraço utilizando um vestido desenvolvido virtualmente pela empresa The Fabricant.
Lances pré-leilão de vestido desenvolvido virtualmente da The Fabricant começaram em $10.000. Foto: Reprodução/Instagram.

Ainda conforme a WGSN em Estética chave: O Futuro Digital, “esse novo direcionamento da moda, também impactará o mercado de trabalho, criando novas profissões, como alfaiate digital e até mesmo designers 3D, trazendo uma mudança significativa para a indústria”.

Tecidos tecnológicos

Outra tecnologia inovadora no setor são os tecidos tecnológicos, produzidos a partir de fibras sintéticas e com diversas propriedades que garantem a segurança e o conforto do usuário. Confira algumas:

Anti-UV

Proporciona proteção contra os raios ultravioletas nocivos à pele, podendo chegar até FPU 50+. Popularizado na Austrália, país com alto índice de câncer de pele, tecidos com essa tecnologia são muito utilizados por atletas e esportistas.

Antichamas

Previne a combustão e evita que o fogo se espalhe, garantindo a integridade física do usuário. Portanto, o tecido é usado principalmente para vestimentas de profissionais expostos a situações de fogo repentino e ao arco elétrico.

Supermicrofibra

Tecnologia composta de filamentos extremamente finos, a supermicrofibra oferece conforto térmico e performance para diversos segmentos de moda. Desenvolvida pela Digitale Têxtil, apresenta secagem rápida, maior propriedade de absorção,  resistência, alta durabilidade e vivacidade de cores.

tecnologia na moda
A supermicrofibra colabora com sustentabilidade na moda.

Antibacteriano e antiodor

Inibe a proliferação de fungos e de bactérias e elimina odores, garantindo higiene, conforto e frescor. É utilizado, na maioria das vezes, para vestimentas que retém muita umidade, como peças da moda praia e da fitness.

Hidratante

Hidrata a pele por meio de microcápsulas de Aloe Vera, que são ativadas durante o uso. Também possui ação regeneradora, anti-inflamatória e energizante.

Veja também
canais de costura

Resistente ao cloro

Aumenta a vida útil e mantém a elasticidade da peça. É ideal para atividades e treinamentos aquáticos.

Impermeável

Impede que a água penetre nas fibras do tecido, evitando manchas e garantindo a respirabilidade da pele. Também permanece com cores vivas por maior tempo.

Tecnologias vestíveis

Também conhecidas por wearable, as tecnologias vestíveis são aquelas em que é possível, literalmente, utilizá-las no corpo, podendo ser roupas, sapatos, relógios, entre outros.

Monitoramento da saúde

São capazes de monitorar a saúde do usuário, como a qualidade do sono, temperatura, nível de estresse, quantidade de passos, exercícios físicos, entre outros.

Incentivo à prática de exercícios físicos

Fornecem informações sobre as atividades físicas em tempo real, como desempenho e benefícios do exercício praticado.

tecnologia na moda
Relógios que calculam desenvolvimento corporal são exemplos de tecnologias vestíveis.

Integração de funções

Reúnem diversas funções, sincronizam e alimentam diferentes dispositivos. Normalmente, armazenam na nuvem as informações coletadas.

Carga por meio de energia mecânica

Possibilita a geração de energia por meio de movimentos corporais. A tecnologia é utilizada em produtos como relógios e celulares.

Novos consumidores

O desenvolvimento e o estudo da tecnologia na moda é amplo e progressivo. Por isso, é essencial se manter atualizado sobre as novas formas de oferecer benefícios e melhorias por meio da confecção de roupas, como os tecidos tecnológicos e outros.

É válido lembrar que a relação entre moda e tecnologia, apesar de estar cada dia mais potente, continua tendo como principal motivador o ser humano, pois é o comportamento do consumidor que dita o futuro da moda.

A probabilidade é que questões como moda confortável, sustentabilidade, representatividade e comunicação personalizada e exclusiva se tornem requisitos principais na hora de optar por uma marca e concluir uma compra.

Agora que você já sabe quais serão os novos rumos da moda, para receber mais  dicas e novidades sobre a indústria têxtil semanalmente em seu e-mail assine newsletter da Digitale Têxtil. É só preencher o formulário abaixo!


5.00 avg. rating (92% score) - 1 vote

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo