Lendo agora
Tecidos reciclados: conheça essa tendência sustentável

Tecidos reciclados: conheça essa tendência sustentável

tecidos reciclados

A produção de resíduos aumenta todos os anos, e muitos desses materiais não recebem o tratamento adequado, causando danos irreparáveis ao planeta. Por essa e outras razões, a responsabilidade ambiental tem sido uma preocupação crescente neste século.

Os tecidos reciclados são uma forma de combater esses problemas ambientais. Utilizar resíduos para produzir malhas e transformá-las em peças de roupa é uma excelente forma de prevenir o avanço da poluição e conseguir movimentar o mercado da moda.

Quer saber mais sobre os principais tipos de tecidos reciclados que estão transformando a moda sustentável? Continue a leitura até o fim!

Baixe o Guia de Produção Sustentável de moda clicando na imagem.

O que é moda sustentável?

Durante o século 20, o avanço dos processos de industrialização e do modelo de fast fashion haviam se estabelecido, fortalecendo a indústria da moda. Ao mesmo tempo que isso era vantajoso como negócio, começou a desencadear uma série de problemas ambientais (pelo descarte desregrado de resíduos e emissão de gases poluentes) e sociais (pela mão de obra mal remunerada ou escrava empregada por muitos fabricantes).

Isso começou a ser reavaliado e provocar discussões em meados dos anos 90, quando muitas empresas do ramo têxtil foram denunciadas pelo alto nível de poluição e pelas condições insalubres de trabalho.

Grandes fabricantes propuseram mudanças no seu modelo de negócios, encarando a moda sustentável não somente como um diferencial, mas como uma responsabilidade social para a manutenção do planeta.

A partir de então, essa discussão tem se espalhado desde grandes multinacionais aos pequenos produtores, provocando mudanças nos processos de fabricação, condições de trabalho e escolha de matéria-prima.

tecidos reciclados o que é moda sustentável
A moda sustentável tem como objetivo criar processos ecologicamente e socialmente corretos.

Os tecidos recicláveis

Há uma velha máxima que diz: “quando for jogar algo fora, repense, pois não existe ‘fora’”. Essa pequena reflexão é muito importante se considerarmos que, só no Brasil, são produzidas 255 mil toneladas de lixo por ano. Desse número, apesar de 30% apresentar potencial de reciclagem, apenas 3% é de fato reciclado.

Hoje, quando pensamos em moda sustentável, muitas soluções estão, justamente, dentro desses 30% de lixo reciclável. Há uma série de resíduos que podem se tornar novas peças de roupa, barateando custos, gerando empregos e auxiliando na preservação do meio ambiente.

Um exemplo são os pneus. Estima-se que esse item pode demorar até 600 anos para sumir por completo na natureza. Em contrapartida, suas fibras podem ser decompostas em pequenos pedaços e, em seguida, transformadas em malhas para dar vida a novas roupas.

Outra forma é a reciclagem de tecidos, a partir dos próprios resíduos da indústria têxtil. Por meio de uma coleta seletiva, é possível selecionar materiais com potencial de reciclagem e, a partir disso, produzir novas peças.

Tecidos de garrafa PET

Entre as tendências da moda sustentável, está a reciclagem de garrafas PET, material que demora 450 anos para se decompor. Hoje, estima-se que 1 milhão dessas embalagens são vendidas por minuto, porém a porcentagem reciclada não passa dos 9%.

Isso pode parecer pouco – e de fato representa uma pequena porcentagem –, porém todos os anos há um avanço considerável. A utilização desses materiais para fazer tecidos e roupas, por exemplo, tem crescido e aberto novas possibilidades ao mercado.

tecidos reciclados tecidos de garrafas pet
Garrafas PET: apenas 9% dessas embalagens são recicladas no mundo.

O processo de transformação de garrafas PET em tecido é bastante descomplicado: primeiro, as embalagens são fundidas a 300 graus para eliminar os resíduos, como pedras, metais e outros sólidos. Em seguida, é encaminhada para um processo de granulagem, que a transforma em pequenos flocos.

Na próxima etapa, esses flocos são novamente aquecidos até se tornarem uma pasta, que por fim passa por uma bomba, tecendo pequenos fios.

Veja também
Como fazer etiquetas de roupas

Não bastasse isso, o resultado também é muito satisfatório. A malha feita a partir de garrafas PET é resistente, confortável, permite a transpiração e pode ser até 20% mais leve que o algodão.

Tecidos reciclados da Digitale Têxtil

A Digitale Têxtil tem uma vasta experiência com tecidos ecológicos e sustentabilidade. Desde a sua fundação, a empresa se dedica a desenvolver processos que causem o menor impacto ambiental possível.

Um exemplo é o uso de estampas digitais, com tinturas à base de água e sem metais químicos, que evitam a emissão de poluentes. Além disso, a empresa investe em tratamento de efluentes e destina a maior parte de seus resíduos para a reciclagem.

Clique para baixar os moldes de 3 peças femininas para confeccionar.

Para contribuir ainda mais com o meio ambiente, a Digitale Têxtil elaborou a Linha ECO, com tecidos feitos a partir de fibras recicladas de garrafas PET e seguindo os padrões do Global Recycle Standard (GRS).

Para cada peça de roupa feita por meio da reciclagem, são utilizadas entre cinco e oito garrafas PET, diminuindo o número de resíduos em aterros e contribuindo para um planeta mais limpo.

Quer conferir nossa nova linha de tecidos reciclados? Clique no banner abaixo e saiba mais!

tecidos reciclados tecidos sustentaveis

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo