Lendo agora
Ciclos de tendências #5: referências da moda feminina dos anos 80

Ciclos de tendências #5: referências da moda feminina dos anos 80

moda-feminina-dos-anos-80

A moda feminina dos anos 80 ficou marcada pelo abandono das convenções. Estilistas fizeram da criatividade a marca registrada do período, com coleções interessantes, barulhentas e brilhantes.

As roupas femininas dos anos 80 passaram dos marrons e nudes, do início da década, para os blocos de cores vibrantes, com grande volume nos ombros e partes de baixo mais sequinhas ao corpo.

Os anos 80 ainda levaram a moda fitness para as ruas e inauguraram a tendência do jeans e do elastano. Suas peças e modelagens são revisitadas com frequência em novos tecidos e shapes adaptados.

Quer mergulhar na moda feminina dos anos 80? Confira o que preparamos para você!

A estética 80s

Cores ousadas e brilhantes, silhuetas marcantes, cabelos volumosos em um visual dramático. Esta foi a moda feminina dos anos 80, que até hoje influencia coleções. Os valores da década ajudam a explicar como a moda oitentista acabou se tornando extravagante (pelo menos para a estética atual). O período foi marcado por materialismo e riqueza, com jovens e adultos exibindo logotipos das marcas em camisetas, jaquetas e tênis.

Influências

Foi uma década com forte influência de celebridades da televisão, com duas séries principais ditando a moda nas Américas: “Dynasty” e “Dallas”. A atriz Joan Collins, de “Dynasty”, era a grande referência e inspirou penteados e roupas.

Seu visual, com blusas de mangas bufantes, ombros marcados e calças de alfaiataria, imediatamente se transformou no look das mulheres nos ambientes corporativos.

Madonna, Boy George e Michael Jackson inspiravam além da música: ditavam moda e comportamento. Rendas, jaquetas de couro, veludo, maquiagem marcante e cabelos de cachos definidos ganharam as ruas.

Em 1986, o filme “Top Gun” popularizou três itens da moda entre o público masculino: o óculos aviador, as peças utilitárias e a jaqueta bomber, fabricada em nylon ou couro.

Outra referência de moda e estilo na década foi a princesa Diana, com suas peças em alfaiataria, vestidos de gala, blusas com babados e decotes de um ombro só.

moda-feminina-dos-anos-80
Jeans, babados e a onda “Top Gun”: a estética 80s revolucionou a moda.

Tecidos

O jeans era uma febre, com marcas, como Wrangler, Levi’s, Guess e Jordache, aplicando o tecido em duas modelagens principais: skinny e mom. A calça jeans nos anos 80 era essencialmente de cintura alta, mas as pernas podiam ser justas ao corpo ou retas e mais folgadas.

Veludo e elastano também ocuparam espaços na moda dos anos 80 feminina e masculina. O veludo era a base para agasalhos e macacões, enquanto o elastano era o complemento para uma febre da época: a calça legging.

Estampas e cores

O animal print reinava na moda, ao lado de cores vibrantes. As estampas de bicho (onça, leopardo, zebra, cobra e girafa) estavam impressas praticamente em qualquer peça de moda praia até a festiva, passando por leggings e acessórios.

A década também ficou marcada pelas roupas de cores fortes e brilhantes dispostas em blocos (color block). Rosa fúcsia, roxo, azul, amarelo e vermelho eram populares nas coleções, inaugurando a presença do neon na moda.

A logomania também tem origem oitentista. Jovens expunham nomes das marcas adoradas em camisetas, tênis e jaquetas. Esse movimento foi, de certa forma, precursor do sportswear. Adidas, Reebok, Fila e Nike eram labels desejadas pela juventude.

moda-feminina-dos-anos-80
Color block, logomania e animal print são referências herdadas dos anos 80.

Modelagens

O foco das modelagens femininas estava nos ombros, com ombreiras e mangas bufantes. A silhueta era volumosa na parte de cima, e sequinha na parte de baixo.

A moda feminina dos anos 80 teve minissaias, saias na altura do joelho, blusas de um ombro só, babados e mangas bufantes, vestidos lamê, lantejoulas, meia-calça e muitos acessórios, como os maxibrincos dourados.

Os homens eram vistos com calças jeans destroyed com a barra dobrada, tênis e camisetas com slogans ou logomarcas. Na linha social, usavam ternos com ombros largos, geralmente em cores escuras com riscas de giz.

Moda fitness

Os anos 80 fizeram o fitness se transformar em streetwear, com leggings, polainas e moletons assimétricos deixando de estar confinados nas academias. Foram dois os responsáveis pela moda esportiva ganhar as ruas: a atriz Jane Fonda, e seus vídeos de exercícios para fazer em casa, e o filme “Flashdance”, de 1983.

Com o fitness em alta, as leggings disputavam com a calça jeans a preferência feminina. No final da década, era comum ver as mulheres nas ruas com o combo legging + suéter ou camiseta grande (como a protagonista de “Flashdance”).

moda-feminina-dos-anos-80
A roupa de academia dos anos 80 tinha polainas, leggings e tops oversized.

Lingerie e beachwear

No começo dos anos 80, praias e piscinas foram tomadas por mulheres em biquínis e maiôs minimalistas, geralmente em preto e branco, com alças bem finas. Não demorou muito para o visual clean ceder lugar às peças coloridas.

O beachwear variou entre as peças estampadas em animal print e as cores brilhantes do new wave, movimento que influenciou a música e a moda da época. As modelagens dos biquínis dos anos 80 transitavam entre o top triangular cortininha, tomara que caia e meia-taça. Os maiôs vinham decotados, com recortes nas costas e, alguns, com cintos marcando a silhueta.

Veja também
estampa floral

O biquíni cavado nos anos 80 e o fio dental foram dois elementos marcantes das areias oitentistas.

A lingerie dos anos 80 foi caracterizada por bodies, calcinhas asa delta e de cós ultra alto, seda e renda. Cher e Madonna, especialmente, foram as precursoras das lingeries à mostra, expondo bodys e sutiãs em shows e formando visuais glamourosos nas premiações de música.

Na vertente mais clean e casual, o domínio era da Calvin Klein, que estampou o nome da marca em tops, calcinhas e cuecas.

moda-feminina-dos-anos-80
Calcinhas asa-delta e lingerie à mostra: heranças dos anos 80.

Moda anos 80 nos dias de hoje

A estética 80s sempre esteve presente nas décadas seguintes. Embora de forma menos vibrante, os elementos aparecem pontualmente em shapes contemporâneos e em novas versões de ícones da época.

Exemplos da influência dos anos 80 nos dias atuais são a minissaia, o blazer oversized estruturado, o jeans destroyed, a calça skinny, a blusa de gola alta e a jaqueta bomber. A década continua exercendo influência também pelo animal print, neon, acessórios maxi e pelo estilo esportivo.

Para a moda íntima, os anos 80 emprestaram o conforto do algodão e do elastano e
os detalhes em renda, além da exposição das peças sob camisas e blazers entreabertos, regatas e tops transparentes.

Na linha praia, os anos 80 consolidaram clássicos, como os tops cortininha e tomara que caia, e o maiô com recortes. Mais recentemente, houve o retorno do biquíni asa-delta.

moda-feminina-dos-anos-80
Os anos 80 hoje: calças de cintura alta, jeans destroyed e foco nos ombros.

A moda dos anos 80 foi vibrante e expressiva. Suas modelagens, estampas e tecidos foram e ainda são adaptados pelos estilistas mundo afora.

No próximo post da série “Ciclos de tendências”, você poderá revisitar a moda dos anos 90, que foi marcada pelo minimalismo.

Receba semanalmente conteúdos do segmento têxtil por e-mail assinando a nossa newsletter. É só preencher o formulário abaixo!


0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo