Lendo agora
Mix de produtos de moda: como elaborar?

Mix de produtos de moda: como elaborar?

Interior de uma loja física de roupas

O mix de produtos de moda é a seleção estratégica de peças, que visa alcançar todos os públicos desejados e atender suas demandas da melhor forma. A ideia é disponibilizar itens que façam sentido para eles e que também representem bem a marca.

O processo de estabelecer quais serão os modelos corretos e suas quantidades pode definir o sucesso de uma coleção. A escolha dessas peças, então, deve ser acertada, de modo a conquistar a abrangência necessária e almejada. 

Para te ajudar a montar o melhor mix de moda para a sua confecção, preparamos um conteúdo supercompleto, com dicas e definições sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

O que é mix de produtos?

O mix de produtos pode ser definido como o catálogo de itens comercializados por um negócio. É o conceito responsável pela variedade de produtos da marca, que deve atender às necessidades de seus públicos. 

Mix de produtos de moda em uma loja física
O mix de produtos para lojas de roupas deve ser abrangente o suficiente para atender todos os públicos pretendidos.

A abrangência da empresa depende diretamente do mix de produtos. A ideia é que o negócio consiga atingir todos os públicos desejados, com soluções que façam sentido para cada um deles. 

Outro aspecto importante nesse sentido é a adequação do desenvolvimento de produtos à identidade da marca e ao branding, para não se distanciar da ideia que se quer passar ou que os consumidores já têm da empresa. 

Na moda, esse processo exige muito planejamento e busca estabelecer qual será a gama de peças disponível para os clientes, a fim minimizar ofertas excessivas ou diminutas, e facilitar a análise das vendas.

cta-moda-pos-pandemia

Fundamentos do mix de produtos

As premissas básicas do mix de produtos também são nortes importantes para seu desenvolvimento e implementação na moda e nas coleções. Veja quais são elas a seguir:

Abrangência 

A abrangência diz respeito à quantidade de linhas de produtos da marca. Por exemplo, uma linha infantil e uma linha adulto ou, então, uma linha casual e uma formal. 

Extensão

A extensão é o número total de itens ofertados no mix de produtos. Na moda, pode ser a quantidade de peças de uma coleção ou então disponíveis nas lojas. 

Profundidade

A profundidade é a quantidade de produtos que faz parte de cada linha. No caso de uma linha casual, pode ser definida a partir do número de shorts, blusas e vestidos oferecidos, por exemplo. 

Consistência

A consistência é a coesão dos produtos oferecidos nas linhas com os propósitos dos clientes e da própria marca. Na moda, esse aspecto pode ser pensado tanto na construção das coleções como na própria construção de marca. 

Exemplo de mix de produtos de moda em uma loja de lingerie
Contar com os produtos certos é o melhor jeito de conquistar um bom mix de vendas.

Mix de moda

O mix de moda é o planejamento do estilo das peças que serão confeccionadas. Ao criar o mapa da coleção de moda, é preciso se atentar a esse conceito, que ajuda muito a idealizar as roupas. 

Os preceitos desse mix contribuem na subdivisão da coleção em partes, atendendo a diferentes necessidades e consumidores. Além disso, a categorização favorece até a transmissão da mensagem da coleção. Confira abaixo os principais estilos de peças:

  • Básico: os itens de estilo básico são tradicionais, funcionais e costumam fazer sucesso comercial, além de estarem presentes em quase todas as coleções;
  • Fashion: as peças do estilo fashion são aquelas que estão alinhadas com as tendências do momento, seja em cores, estampas ou modelagens;
  • Vanguarda: os itens de estilo vanguarda, por sua vez, são aqueles tidos como conceituais, isto é, ajudam a apresentar e traduzir a ideia da coleção.

A combinação desses três estilos é o que compõe o mix de moda de uma coleção. Cada uma dessas categorias de produtos é voltada para públicos variados e desempenha um papel diferente no conjunto de peças. A seguir, explicaremos a forma como eles podem ser utilizados.

banner estampas atemporais

Como montar um mix de produtos de moda

Em geral, as proporções dos estilos de produtos elencados acima dependem muito do público da marca e como ele se comporta e consome

Se for um consumidor que gosta de tendências, vale a pena apostar em uma quantidade maior de itens da categoria fashion. Já se for um público que valoriza as peças mais usuais, faz mais sentido investir nos produtos básicos. 

Uma constante que geralmente funciona para qualquer tipo de marca é que os itens de vanguarda representem um percentual pequeno do mix de moda. Isso porque essas peças normalmente despendem de produções mais elaboradas, são mais caras e agradam menos consumidores.

Veja também
software para confecção

Os percentuais mais indicados para marcas com público voltado ao fashion são 65% de itens de tendências, 25% de peças básicas e 10% de produtos de vanguarda. 

Já as proporções aconselhadas para as marcas com consumidores que gostam do estilo tradicional são 70% de produtos básicos, 25% de peças fashion e 5% de itens de vanguarda.

Escritório de moda
Criar um mix de moda é uma tarefa que demanda pesquisa e planejamento.

Mix de coleção de moda

O mix de coleção é um conceito que abrange as peças da coleção, suas variações (de tecidos, estampas, cores e tamanhos) e as quantidades em função das variantes. 

A ideia aqui é definir como a coleção estará disponível aos clientes, pensando quais itens terão quais versões, e o número de peças que serão produzidas de cada uma dessas opções. 

Para isso, também é fundamental conhecer bem o público da marca, para adequar a quantidade de itens ao que faz sentido para os consumidores. 

Além disso, é preciso se atentar às variações que as peças precisam ou não ter. A variável de tamanho, por exemplo, deve ser priorizada em relação às outras, para atender a um maior número de corpos

A dica nesse sentido é criar uma planilha com todas as variações de cada peça, com seu preço e quantidade. Assim, fica mais fácil visualizar a formação da coleção na totalidade e perceber se ela está coerente. 

Mulher preparando um mix de produtos de moda
A planilha é uma ótima ferramenta para conseguir enxergar o mix de coleção.

Montar o mix de produtos de moda de uma confecção é um trabalho que exige planejamento e conhecimento sobre o consumidor. O resultado, no entanto, são decisões mais acertadas sobre o que oferecer para os clientes e de que forma. 

Se você deseja aprofundar seus conhecimentos sobre moda e negócios, preencha o formulário abaixo e receba os conteúdos da Digitale Têxtil diretamente em sua caixa de entrada!


0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo