Lendo agora
Impressão digital têxtil: tecnologia em ascensão no Brasil

Impressão digital têxtil: tecnologia em ascensão no Brasil

impressão digital têxtil

Os consumidores brasileiros estão cada vez mais exigentes, o que motiva as empresas a estarem em constante evolução. No mercado da moda, a procura por peças com impressão digital têxtil vem crescendo exponencialmente.

Neste post, explicamos mais sobre a tecnologia que atrai cada vez mais clientes. Confira!

O que é impressão digital têxtil?

A estamparia rotativa, técnica comum de estamparia, vem perdendo espaço no mercado. Essa mudança está acontecendo devido a procura de peças exclusivas, rápidas e de alta qualidade.

A impressão digital aparece como uma alternativa, com mais opções, cores marcantes e agilidade na produção. Seu crescimento deve-se ao fato de que a tecnologia é capaz de entregar os tecidos conforme o que o mercado procura atualmente: com rapidez, qualidade e preço justo.

A técnica funciona como o nome já deixa claro: impressão das estampas diretamente nos tecidos, ao invés de aplicá-las. Com cerca de dez anos de existência, a impressão digital têxtil já provou que veio para ficar.

Tipos de técnicas

Atualmente, a técnica é dividida em dois tipos diferentes: impressão sublimática e impressão direta no tecido. Cada uma delas exige equipamentos específicos e são adequadas para situações e tecidos diferentes.

A sublimática é a mais barata e simples, chamada de tecnologia seca por não usar água. A produção por meio desse tipo de impressão digital têxtil é feita primeiro com a impressão da estampa no papel.

Sua aplicação é feita através da transferência do corante do papel para o tecido através de pressão e calor, não tendo grande penetração no tecido. Nesse caso, fica uma camada superficial, resultando numa baixa solidez e com pouca respirabilidade, o que a torna não indicada para tecidos com elasticidade. Esse tipo de aplicação é adequada para tecido mais finos, como chiffon, cetim e tactel.

A impressão digital direta no tecido, como o nome diz, a impressão é feita diretamente no tecido. Com isso, uma quantidade maior de corante penetra na fibra, resultando em cores mais fortes e vivas, maior definição e melhor solidez. Outra vantagem da impressão direta é a possibilidade de adicionar produtos no acabamento, como por exemplo amaciantes especiais, proteção contra raios UVA e UVB, propriedades antibacterianas, entre outros.

Veja também: Diferença entre sublimação e estamparia digital direta

Vantagens da impressão digital direta

A impressão digital direta traz diversas vantagens para o setor da moda.

O custo-benefício da técnica vem se tornando cada vez mais atraente. Além disso, as cores vivas e duráveis, que não desbotam facilmente como na sublimação, chamam a atenção. A impressão é rápida e facilita a produção sob demanda, que atrai os clientes que buscam exclusividade.

Veja também
Mulher ruiva fazendo anotações

Todas essas vantagens refletem nos números. Segundo a InfoTrends, a indústria global em volta dessa tecnologia valia cerca de U$148 bilhões em 2013. Outra pesquisa, conduzida pela FESPA, aponta que a grande maioria das pessoas do setor acreditam que a técnica se tornará uma grande alternativa à estamparia rotativa em até dois anos.

Apenas 4% do setor têxtil brasileiro utiliza a tecnologia (fonte: Revista Exame). A Digitale Têxtil faz parte dessa vanguarda, apresentando produtos de alta qualidade, o melhor custo-benefício do mercado e diversas estampas e variações de cores para a sua escolha.

Quer participar dessa revolução? Conheça mais a Digitale Têxtil clicando aqui.

E para ficar por dentro de todas as novidades e tendências do setor, assim como conhecer nossos produtos, inscreva-se na newsletter, preenchendo o formulário abaixo:


0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo