Lendo agora
Planeje e realize: 8 dicas de gestão de negócios de moda

Planeje e realize: 8 dicas de gestão de negócios de moda

Gestão de negócios de moda.

A moda é um dos setores mais relevantes do Brasil. Sensível à economia, ela é influenciada diretamente pelas variações de comportamento de consumo e mudanças sociais. Diante a tantos nichos e segmentos, é exigido que os profissionais saibam conciliar as habilidades criativas às de gestão, a fim de desenvolver estratégias e ações de marketing que atinjam assertivamente o público-alvo.


Pensando nisso, neste post reunimos oito dicas de gestão de negócios de moda, que irão contribuir para a coordenação e crescimento da empresa. Confira!

O que é gestão de negócios?

Apesar de ser ideal que toda confecção de moda inicie já com um plano de negócios, sabemos que no dia a dia não é incomum que o hobby de costurar se torne mais e mais sério antes mesmo de a empreendedora conseguir analisar quais são os seus reais objetivos.

Por isso, antes de afunilar o conteúdo para as dicas, devemos entender o que é gestão de negócios e porque ela é peça-chave na hora de entender como começar um negócio de moda.

A principal questão na hora de pensar os motivos de estruturar um plano e gestão é entender que, antes de planejar o futuro, é imprescindível saber quanto custa a sua empresa e a sua mão de obra. Esse levantamento é fundamental para definir os investimentos já realizados e os que ainda serão necessários.

O gerenciamento entra como forma de analisar custos fixos e variáveis, mudanças e inovações de mercado, estratégias de comunicação e demais ações que podem influenciar diretamente no sucesso da empresa.

E, agora que você já entendeu a importância de se pensar em planejamento e estruturação também em negócios de moda, chegou a hora de conhecer as nossas dicas!

1. Explore benefícios e valores

Além dos atributos tangíveis presentes nos produtos, explore os benefícios e valores intangíveis que perpassam os processos de produção, tanto para o público-alvo como para seus colaboradores. Diante ao cenário atual, as confecções devem valorizar a coerência entre o discurso e a ação — o segredo do branding 4.0!

Além de produtos de qualidade, os novos consumidores buscam por marcas que se conectam emocionalmente com as comunidades, oferecendo-lhes muito mais do que atributos tangíveis e sim, propósitos e valores como igualdade, sustentabilidade e inclusão.

Por exemplo, se seu negócio utiliza práticas sustentáveis, como a redução de consumo de energia e processos de impressão ecológicos, incorpore esses atributos na cultura organizacional e na identidade da marca, para agregar valor ao público interno e externo.

2. Antecipe ações e estratégias

Para enfrentar as mudanças do mercado e estar sempre à frente dos concorrentes, é preciso prever possíveis acontecimentos e fatores que podem influenciar na estabilidade da organização.

Uma boa gestão de negócios de moda, portanto, antecipa ações e estratégias, considerando forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, assim como sazonalidades e tendências do setor.

mulher planejando o mês em uma agenda
O planejamento é essencial para que você possa estar um passo à frente dos concorrentes. Além disso, ele ainda é fundamental para acompanhar e analisar operações e estratégias.

Para isso, é essencial elaborar um planejamento estratégico anual, que oferece uma visão ampla e sistêmica sobre os planos de ação que serão implementados. Ele também auxilia no acompanhamento das operações, que devem ser analisadas de acordo com o objetivo geral da empresa.

3. Invista na comunicação eficaz

A rotina de negócios de moda é permeada por tarefas e processos que exigem uma boa comunicação, seja escrita, verbal, visual ou sensorial. Para tornar os procedimentos cada vez mais assertivos, é importante identificar os desafios e barreiras que causam ruídos na comunicação organizacional.

Por esse motivo, alinhar a comunicação entre todos os departamentos da empresa é fundamental, definindo qual linguagem, tom e abordagem será mais eficiente para os diferentes processos.

Banner calendário atemporal de moda

4. Utilize diferentes canais de atendimento

Com as mudanças no comportamento de consumo, já não é mais recomendado que os negócios de moda utilizem apenas os canais tradicionais de atendimento, como e-mail e telefone.

Analisando a fundo o perfil do público-alvo, é possível identificar características como hábitos de compra, comportamentos, desejos e dúvidas dos consumidores, que auxiliam na definição de quais canais são ideais para a empresa.

mulher usando o celular
Expandir seus meios de comunicação, se tornando uma empresa omnichannel, é essencial para acompanhar as evoluções e modificações de mercado e consumo.

Ainda que a organização seja apenas física, ela deve estar presente em plataformas online que são utilizadas por seus consumidores, divulgando produtos, realizando atendimentos e distribuindo conteúdos que gerem autoridade para a marca.

5. Avalie resultados e desempenhos

Após cumprir com as ações dispostas no planejamento, é preciso avaliar os resultados por meio de métodos já indicados nesta etapa. Para mensurar o rendimento das estratégias aplicadas, podem ser usadas diversas técnicas de avaliação, seja qualitativa, como pesquisa de opinião ou quantitativa, como o monitoramento de acessos ou interações das mídias utilizadas.

Veja também
e-commerce de moda

Caso o objetivo da ação seja faturamento, por exemplo, calcule o retorno sobre o investimento (ROI), para verificar o quanto foi gasto e o quanto a empresa teve de lucro.

6. Aprimore o treinamento de equipe

Treinar e criar um ambiente motivador a sua equipe é fundamental para um bom alinhamento entre os colaboradores e para garantir um atendimento de sucesso. Por isso, além de uma remuneração justa e de acordo com os objetivos da sua empresa, a capacitação constante é peça-chave para o desenvolvimento da equipe e, consequentemente, para a melhora na relação com o cliente. 

equipe em treinamento
A capacitação da equipe de vendas é uma das formas de garantir que o seu time esteja motivado.

7. Tenha um centro de custos

Para que você consiga alocar os custos no valor total de cada produto é utilizado um código reduzido que reserva de forma assertiva cada despesa nos produtos oferecidos. Assim, a sua confecção realiza uma classificação de investimentos já feitos que são lançados na linha ou coleção, evitando prejuízos ou mesmo a necessidade de variação excessiva de preços. 

8. Use a inovação e novas tecnologias como aliados

Além de marcar presença online, é importante que você esteja aberto e preparado para usar inovações tecnológicas como ferramentas de crescimento e expansão de negócios. 

Por isso, fique atento para novidades no e-commerce, plataformas online ou mesmo metodologias e ferramentas que te ajudem a formular e modificar o seu plano de negócios.

Apesar de algumas vezes parecerem assustadoras, a utilização e adaptação desses instrumentos pode ser fundamental para o crescimento nesse mercado tão competitivo.

Independentemente do porte ou segmento, é fundamental investir esforços na gestão de negócios de moda, o que irá contribuir para o sucesso da organização.

Gostou das dicas? Para receber conteúdos e novidades sobre a indústria têxtil semanalmente em seu e-mail, assine nossa newsletter!


0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (4)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo