Lendo agora
Fotografia editorial de moda: dicas e referências

Fotografia editorial de moda: dicas e referências

Equipe produzindo uma sessão de fotografia editorial de moda.

A fotografia editorial de moda é uma das partes mais importantes da indústria. Afinal, ela é responsável por apresentar ao cliente não apenas as peças, mas todo o conceito e ideias que constroem a coleção

Os editoriais são responsáveis, então, por transmitir os significados e mensagens desejados, além de serem um elemento fundamental para o branding e a comunicação da marca. 

Esse tipo de produção possui um grande poder dentro do mundo fashion, podendo ser a diferença entre o anonimato e sucesso para estilistas, fotógrafos e modelos. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura!

Banner Moda e consumo: previsões 2021/2022

Editorial de moda: o que é

Dentro da moda, existem diversos tipos de fotografia, com objetivos diferentes. No caso da fotografia editorial, o objetivo é apresentar ao público o conceito e comportamento da marca, e não necessariamente os produtos em si.

O editorial é construído por diversas mãos, como diretor de arte, modelos, cenografistas, designer, maquiadores e muito mais. Seu sucesso depende de um conceito claro e coeso, além de afinidade e alinhamento da equipe em todas as etapas.

Normalmente, são feitas e divulgadas uma série de fotos com elementos que ajudam a construir a narrativa da coleção, como cenário, ambientação, personagens e diversos detalhes.

A fotografia editorial ainda é um ótimo jeito de apresentar inspirações para os consumidores e divulgar tendências, sendo também uma ótima ferramenta para reposicionamentos de marca, por exemplo. 

Editor tratando fotos em um estúdio.
O editorial de moda é construído com esforço coletivo de diversos profissionais.

Antes da era digital, o principal meio de divulgação desse formato eram os editoriais de revistas de moda, como Vogue, Elle e Cosmopolitan. Atualmente, canais digitais e físicos desses grandes nomes ainda são extremamente importantes, mas tornou-se algo mais tangível para pequenas e médias marcas, que podem apostar em diferentes formas de divulgação e, assim, captar o público desejado.

Como todos os campos do mundo da moda, editoriais estão em constante evolução. Os diretores e fotógrafos de moda contemporâneos não se limitam apenas à fotografia, procurando novas formas de estimular o público, como a combinação com um fashion film.

Dicas de fotografia de moda para editoriais

Nunca foi tão fácil produzir um editorial de moda, visto que desde os equipamentos até a divulgação podem ser adquiridos a um custo menor. É comum que designers de marcas menores também façam o papel de diretor de arte, mas ainda assim é necessário contratar profissionais competentes e que entendam a proposta, como fotógrafos, modelos e maquiadores.

O conceito da fotografia editorial de moda deve ser o mesmo, ou muito próximo e conversar bem, com aquele seguido na construção da coleção. Lembre-se que, por mais que não seja o momento de vender as peças diretamente, o editorial pode ser o primeiro contato de um futuro cliente com a sua empresa. Por isso, capriche na coesão e convide seu público para o mundo da marca.

Equipe de produção de fotografia de moda.
Editoriais de moda devem traduzir o conceito da coleção em fotografias.

Diversidade nas fotografias de moda é imprescindível, principalmente para quem deseja atingir as novas gerações e não ficar para trás. Procure contratar modelos e outros profissionais que sejam diversos em raça, tamanho, peso e muito mais, trazendo mais aproximação com o novo consumidor.

Na hora da divulgação, pense fora da caixa e utilize as melhores ferramentas para atingir quem você deseja, como redes sociais, revistas digitais ou físicas, em plataformas de realidade virtual a regra é estar perto de quem vai querer consumir a marca.

Exemplos de editoriais de moda

Existem décadas e décadas de materiais para se inspirar e utilizar como referências, mas é sempre válido conhecer variados tipos de fotografia editorial, dos clássicos às melhores novidades do mercado de moda.

O grande fotógrafo Helmut Newton (1920-2014) é um dos maiores influenciadores da fotografia de moda em geral. Foi responsável por diversos ensaios para a Vogue e outras grandes revistas, fotografando grandes nomes como Twiggy e Grace Jones. Suas últimas décadas de trabalho foram dedicadas a explorar formas de expor o nu feminino com delicadeza e sensualidade, sendo uma grande referência no ramo até hoje.

fotografia editorial de moda
Helmut Newton é uma grande referência na fotografia editorial de moda. Foto: Reprodução/Instagram

Outro nome indispensável para conhecer é Steven Meisel, fotógrafo que “descobriu” a supermodelo Linda Evangelista. Ele é conhecido por um estilo irreverente e que definiu diversas tendências de fotografia, sendo aclamado por cliques para Vogue italiana e a revista Interview, além de participar do polêmico Sex Book, livro erótico de Madonna lançado em 2013.

fotografia editorial de moda
Steven Meisel é conhecido por seu estilo irreverente na fotografia. Foto: Reprodução/Instagram

A dupla Mert & Marcus também é responsável por editoriais icônicos em revistas como Vogue EUA, Paris e Itália, Dazed and Confused e Interview. Já foram idealizadores de campanhas de grandes marcas como Dior, Gucci, Louis Vuitton e muito mais. Seu trabalho é conhecido pelo perfeccionismo com a estética.

fotografia editorial de moda
A dupla Mert & Marcus ficou conhecida pelo compromisso estético de suas produções. Foto: Reprodução/Instagram

Fotografia editorial em tempos de pandemia

Embora ressaltada anteriormente a importância de contar com profissionais qualificados para pensar conjuntamente a concepção do editorial de moda, nem sempre isso é possível. 

As implicações geradas pela pandemia de Covid-19, por exemplo, dificultaram a atuação de grandes equipes, por conta da necessidade do isolamento social. Nesse caso, o mais importante é saber reconhecer o contexto e se adaptar a ele. 

mulher fotografando editorial de máscara
A fotografia editorial de moda também teve que se adequar às restrições impostas pela pandemia.

Para isso, deve-se abusar de ideias e recursos criativos para viabilizar as produções. Muitos dos bons resultados vêm de usos simples de técnicas de iluminação e montagem de pequenos cenários, além da exploração da composição fotográfica. 

Elencamos a seguir algumas dicas e inspirações para te ajudar a realizar um shooting incrível de forma descomplicada. Confira!

Busque novas referências

Ampliar as referências é sempre uma ótima maneira de gerar novas ideias. Quanto se trata de um aspecto tão visual, como a fotografia editorial, isso se torna ainda mais importante. 

Ao visualizar imagens, deve-se analisar suas composições como um todo cenário, iluminação, maquiagem e poses. Além disso, é importante buscar referências de diferentes tipos de marcas e fotógrafos, para diversificar o repertório.

As produtoras de conteúdo Thalita e Gabriela Zukeram, conhecidas como Two Lost Kids, são ótimas referências para a criação de editoriais. 

Elas já realizaram shoots para marcas como Adidas, Amaro e Lazy Oaf, e se aventuram na experimentação de formatos e composição das fotografias. O resultado são imagens com uma pegada supercontemporânea e um mood bem jovem. 

criadoras de conteúdo conhecidas como two lost kids posando para editorial de moda
O estilo jovem e a composição divertida das fotos são traços marcantes da fotografia das Two Lost Kids. Foto: Reprodução/Instagram

O fotógrafo Kenny Hsu também é outra boa referência para a elaboração de editoriais. Ele trabalha com marcas como COSMO, Santuário Botafogo e SRI Clothing. Os retratos são sua marca registrada e suas fotos têm um estilo despojado e moderno.

Veja também
Mulher sentada em frente ao computador, aparentando ser uma empreendedora.

modelo posando em editorial
O fotógrafo Kenny Hsu utiliza um estilo despojado de fotografia para compor editoriais. Foto: Kenny Hsu/Reprodução/Instagram/SRI Clothing

Aproveite a iluminação natural

Outra dica interessante para realizar editoriais de maneira otimizada é aproveitar a luz natural. Abusar da iluminação espontânea de locações internas e externas pode garantir excelentes resultados. Por isso, não deixe de explorá-la!

Fotografar durante a manhã e em ambientes com ampla claridade reduz a necessidade de outras formas de luminosidade, que muitas vezes não são tão fáceis de manejar. Caso a ideia seja contar com tons mais amarelados ou alaranjados nas composições, o pôr do sol também é um excelente horário.

cta-moda-pos-pandemia

Experimente outras formas de fotografia

A fotografia mais difundida atualmente na realização de editoriais é a feita com câmeras digitais. No entanto, explorar outras maneiras de gravar imagens também pode ser uma boa opção para quem quer ter contato com processos mais experimentais. 

Uma tendência nesse sentido é a fotografia analógica, realizada com câmeras de filme. Os resultados obtidos com elas são fotos com uma pegada vintage, com estética um pouco diferente da habitual, mas que tem sido cada vez mais explorada.

Outras possibilidades são o uso de câmeras digitais um pouco mais antigas, como as portáteis, além de câmeras instantâneas, em que as fotos são “reveladas” na hora. Utilizar o celular também pode ser uma técnica surpreendente em alguns casos.

modelo posando para foto de editorial em espelho

Utilize o flash

Se a intenção for incrementar as fotos e deixá-las com um estilo bem moderno, usar o flash pode ser uma ótima opção. 

Esse procedimento pode garantir bons registros tanto em ambientes internos como externos, e o mais interessante é ir testando a função para ver que tipo de resultado agrada mais ou está mais próximo ao esperado. 

Monte um local diferente para as fotos

Criar um cenário para a realização do editorial também é uma boa alternativa para produções menos elaboradas. 

Para isso, é possível montar um fundo com tecidos, que podem contar com diferentes texturas, cores e até estampas. Adicionar outros elementos, como vasos, plantas e até cadeiras também funciona bem para a hora de compor as fotografias.

Adicione elementos em cena 

Além de montar um cenário, é possível adicionar elementos na hora de clicar as fotos. Dependendo da temática, os modelos podem interagir com os mais variados objetos, como flores, velas ou copos. 

O mais importante nesse quesito é conseguir casar os itens com a proposta e o conceito desejados. 

A fotografia editorial de moda é uma ferramenta indispensável para marcas que desejam ser vistas e venderem não apenas peças, mas conceitos e experiências completas. Quer conferir mais inspirações? Clique no banner e visite o Pinterest da Digitale Têxtil!

Banner para o perfil no Pinterest da Digitale Têxtil.
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Comentários

Comentários

Comentários (0)

Deixe seu comentário.

Seu e-mail não será publicado.

Voltar para o topo